Está na hora de agir?

dog

O cão e sua dor

Um homem bate na porta de uma casa e, enquanto conversa com seus moradores, percebe que o cachorro deles está sentado no canto do quintal, uivando de dor.

- Qual o problema com o cachorro de vocês? - pergunta o homem.
- Ah, sim... ele está sentado em cima de um prego - responde o morador.
- Ué, mas então por que ele não se move dali?
- Acho que é porque ainda não está doendo o suficiente...

Aja no primeiro incômodo!

O ensinamento acima serve para todo mal na vida: uma insatisfação profissional, um casamento arrasado, uma doença não tratada.

Normalmente nosso problema começa pequeno. Reclamamos um pouco, mas nada fazemos. O problema aumenta. Reclamamos um pouco mais, imaginamos algumas soluções, mas, de novo, não agimos. O problema começa a incomodar, tentamos algumas soluções pensadas, mas por já ser um problema grande, desistimos de continuar. Quando o tal problema se torna insuportável, tomamos coragem de agir - mas, às vezes, já é tarde demais.

Se você não cuidar da grama, ela cresce e vira matagal. Seus problemas também.

Então, se há algo em sua vida que está incomodando, ainda que seja pouco, dê um jeito de eliminar aquele mal, pois ele vai crescer. E um probleminha passa a ser um problemão. Isso não significa eliminar, muito menos desistir do "projeto" da sua vida, mas buscar melhoria constante. Encontrar o que te incomoda e tomar atitudes para que você se sinta mais confortável.

Acho que o recado está dado, mas quero usar o teor desta inspiração para um alerta importante: o da violência contra a mulher:

Nenhum marido mata a mulher sem antes ter ameaçado, ofendido, agredido. No primeiro sinal de violência - ainda que seja somente com palavras - busque ajuda, denuncie, tenha ATITUDE. Essa grama vai virar matagal.


Beijos e Abraços,

Marcio Zeppelini


Se você não cuidar da grama, ela cresce e vira matagal. Seus problemas também. (MZ)