Você anda se queixando de tudo à sua volta?

413

Patos x Águias

Eu estava no aeroporto quando um taxista se aproximou. A primeira coisa que notei foi um táxi limpo e brilhante. O motorista estava bem vestido, de camisa branca e calças bem passadas, com gravata. Abriu a porta para mim e disse:

- Eu sou João, seu chofer.

Entrei no taxi e logo li uma mensagem em um adesivo: "Missão de João - Levar meus clientes a seu destino de forma rápida, segura e econômica, oferecendo um ambiente amigável".

Fiquei impressionado. O interior do táxi estava igualmente limpo.

- O senhor aceita um café? - perguntou João.
- Não, eu prefiro um suco - respondi, em tom de brincadeira.
- Sem problema. Eu tenho uma térmica aqui com suco, água e chá gelado. E atrás do banco há o jornal de hoje e algumas revistas para sua leitura.

Peguei um dos sucos e ele continuou:
- Deseja que eu coloque em alguma estação de rádio específica? E o ar condicionado, está numa temperatura agradável?
- Você sempre atende seus clientes assim? - perguntei
- Não - respondeu ele - Não sempre. Somente nos últimos dois anos. Nos meus primeiros anos como taxista passei a maior parte do tempo me queixando, igual os demais taxistas.
Um dia, ouvi um doutor especialista em desenvolvimento pessoal que disse: "Os patos só fazem barulho e se queixam, as águias se elevam acima do grupo. Não seja um pato,
seja uma águia!". Eu estava todo o tempo fazendo barulho e me queixando. Decidi mudar minhas atitudes e ser uma águia. Olhei para os outros táxis e motoristas... Os táxis sujos, os motoristas pouco amigáveis e os clientes insatisfeitos. Decidi fazer umas mudanças. Quando meus clientes responderam bem, fiz mais algumas mudanças.
No meu primeiro ano como águia dupliquei meu faturamento. Este ano já quadrupliquei!


Não seja um pato, seja uma águia!

A história acima ocorreu bem antes de aparecerem os tais aplicativos de mobilidade que fizeram com que os taxistas perdessem o sono. E se antes os taxistas "águias" tinham posição de destaque, agora é uma questão de sobrevivência: os taxistas "patos" vão morrer de fome. Os dentistas "patos" também. Os professores "patos", idem. Todos os profissionais precisam se reinventar; senão, vão ficar de escanteio.

Patos reclamam e voam baixo. Águias se desafiam e voam alto. Que tipo de profissional você é?
 
Seja qual for sua ocupação profissional ou situação econômica, seja quais forem suas ambições - a vida estará sempre apresentando obstáculos para serem superados. A diferença entre quem tem sucesso e aqueles menos afortunados é o tempo que a pessoa leva para superar esses obstáculos. Quanto mais agilidade de águia a pessoa tem para resolver esses problemas, mais ela ruma ao topo. Quanto mais a pessoa perde tempo se lamentando, mais estagnada fica.

Então, aproveite que é início de ano para MUDAR. Sempre que der vontade de reclamar de algo, respire fundo e pergunte-se: o que EU posso fazer para essa situação mudar?

Tome uma atitude por dia! Pense o que você pode mudar hoje para que você tenha um benefício futuro.

Abraços transformadores, beijos cheios de atitude!

Marcio Zeppelini


Patos reclamam e voam baixo.
Águias se desafiam e voam alto.
Que tipo de profissional você é?
Marcio Zeppelini